sexta-feira, 28 de abril de 2017

Aquele momento em que concordamos com o Trump....

...a propósito da sua mais recente entrevista, à Reuters: também achámos que ia ser mais fácil!


Fomos às compras, à nossa loja favorita na vila, para começarmos (literalmente nós) uma nova fase de remodelações. Quando vamos a sair, ouvimos "as mulheres de hoje em dia são um espetáculo"! :)


Em breve, mostraremos as obras/remodelações que temos andado a fazer na Casa Azul.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Do nosso Instagram

@netasdacasaazul


Lenço da Avó usado por nós!


O bolo de anos do nosso sobrinho-do-coração: o bolo da laranja inteira, que tem de ser feito por nós! Decoração especial com formas em forma de lego.


Boas recordações de Castelo Branco: uma das obras mais bonitas de Manuel Cargaleiro.


A nossa cidade do coração - Coimbra - e um amigo talentoso dá nisto!


A mesa da Páscoa deste ano.


Vamos lá ver se daqui por uns tempos temos limas!

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Recordações de uma infância feliz

"Podes ficar com a caixa, já comi a melhor parte!"


Na cozinha da Casa Azul, início dos anos 80.

domingo, 23 de abril de 2017

Avós dos outros

Uma família decorou a igreja onde se realizou o funeral da avó, com 100 mantas feitas pela senhora:


Este blog também comenta a cena "hygge"

Nunca poderíamos adotar esse estilo de vida porque quando olhamos para determinadas coisas temos tão boas recordações que não nos conseguimos desfazer delas! E temos a sorte de ter espaço para as guardar!

Fomos guardando peças da Playmobil/Lego, que eram nossas e dos nossos primos e andavam espalhadas pela Casa Azul e, agora, continuam a ser usadas pelas crianças que nos visitam, incluindo os bisnetos que dão continuidade às brincadeiras dos seus pais!


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Corte Primavera-Verão

A Avó está pronta para os dias quentes!

                                                       ANTES                            DEPOIS

sexta-feira, 17 de março de 2017

Do nosso instagram

@netasdacasaazul

Sermos turistas numa das nossas cidades e descobrir sítios tão simpáticos Zeca Aveiro! E com os segundos melhores chás (o primeiro é o chá da avó!) Glory Tea!

 Noite dos Óscares é sinónimo de serão, por isso há que preparar reforços!

 
A Neta Mais Nova fez serão por causa dos Óscares, o serão da Avó foi a ver o "Preço Certo Especial 3000"!

A nossa mãe fez 65 anos e nós fizemos o seu bolo favorito: bolo da laranja inteira

Fomos ao funeral de um grande amigo do avô (e da família) e, sem combinarmos, cada uma levou o avô simbolicamente consigo.....

segunda-feira, 13 de março de 2017

Qualquer semelhança com baby blogs é pura..... realidade!

A Avó andava a dormir mal por ter tosse, por isso (a par da medicação que estava a tomar) decidimos experimentar uma dica que ouvimos algumas vezes: colocar uma cebola na mesinha de cabeceira.


Logo na primeira noite dormiu sem tossir! A partir daí, fez questão de ter, na sua mesinha-de-cabeceira, as suas santinhas e, também, uma cebola.
Quando falámos a alguns amigos desta solução, a maior parte já conhecia por fazer o mesmo..... com os filhos!

domingo, 5 de março de 2017

Avós dos outros

A Rafaela partilhou connosco uma música do Samuel Úria, dedicada ao seu avô:


A música, em particular, a letra é tão bonita:

Um coração hospitaleiro
Deve ser aberto
E a grande cicatriz no peito
É de homem inteiro.
Teve na boca a Palavra,
Nas mãos calçadeira,
Que andar junto aos pés do homem é coisa cimeira.

Foi assim Armelim.
Ainda que estranho, era o nome de um homem honrado.
Armelim não tem fim
Que há nomes tão fortes que a morte só leva emprestado.

Severo quando ser severo
É ser-se acertado.
Tão recto que um fio de prumo 
fica embaraçado.
Deu aos seus braços a forma de quem abriga;
Deu o seu lugar a todos menos à fadiga.
Vestiu os pés de toda a vila,
Mas vestiu também o chão
Com essas grandes pegadas do seu coração. 

Foi assim Armelim.
Ainda que estranho, era o nome de um homem honrado.
Armelim não teve fim
Que há nomes tão fortes que a morte só leva emprestado.

Só tinha um sobrenome mas bem o dizia
Quando alguém lhe perguntava a quem ele servia.
Chegou-me esse nome por sangue materno,
Mas também pela opção
De ir pelas mesmas pegadas que aquele coração.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Óscares 2017 - balanço

A avó da Emma Stone deu uma festa para, juntamente com os vizinhos, verem a cerimónia dos óscares. E deu resultado!



Reportagem com os avós do realizador de La La Land, Damien Chazelle. Aos 13 anos, Damien já escrevia guiões que lia, na integra e em voz alta, para o avô. 
No discurso de agradecimento agradeceu à família, mas não agradeceu aos avós (não nos escapou!).



Vemos a cerimónia toda sempre à espera que alguém fale nos avós! Este ano, isso aconteceu apenas no primeiro óscar a ser entregue, o de melhor ator secundário a Mahershala Ali:


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Este blog também comenta os óscares

Todos os anos, por esta altura, relembramos celebridades que, em diversos eventos, se fizeram acompanhar pelos avós:

2016
2015
2014

Em noite de Óscares, partilhamos mais algumas histórias.

Em 2015, Ariana Grande foi com a avó aos American Music Awards


A avó de Ariana Grande também já foi assistir a um concerto da neta, mas parece que não ficou grande fã...

http://mag.sapo.pt/showbiz/artigos/video-da-avo-aborrecida-de-ariana-grande-torna-se-viral

Testemunhos de celebridades que falam sobre a importância dos avós nas suas vidas:


E mais um artigo sobre várias celebridades com avós/avôs:

http://www.mtv.co.uk/spring-break-with-grandad/news/12-celebrities-whose-grandparents-are-their-bffs

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Do nosso instagram

@netasdacasaazul

Os primos de Lisboa não conseguiram vir passar o Natal connosco, fizemos um almoço de Natal improvisado, em janeiro!

 Lemon curd - receita da Chef Express e queques de lemon curd da Joana Macieira.

Amor é.... a forma orgulhosa com que o nosso pai usa os trabalhos que a nossa mãe lhe faz! 

O nosso chef preferido!

Começaram por ser apenas bolachas em forma de coração, mas logo se tornaram numa conversa sobre corações partidos, corações apertados, corações grandes e generosos, corações com pacemakers/bypass....

A melhor revista de fotografia ou quando os amigos dos nossos amigos são muito talentosos: Fuji X Passion

 Casa Azul: entre a serra e o mar

Estarmos a falar do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, num dos sítios que temos em comum, e, de repente, lermos a notícia da morte do Sr. Alfredo deixou-nos de coração partido. A alegria que sentimos em cada novidade por eles apresentada é proporcional à tristeza que fica sempre que algum deles parte. 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Avó em modo irónico

Uma vez ouvimos um político a falar e dissemos "Este sabe o que diz."
A Avó respondeu logo:

Pois, pra que diabo andou a estudar? Pra burro?

sábado, 11 de fevereiro de 2017

As quadras da Avó - Alentejo

Um destes dia, a Avó lembrou-se desta quadra:

Despedi-me do Alentejo
Olhei para trás chorando
Alentejo da minha alma
Que tão longe me vais ficando.

Um beijinho para os alentejanos que nos lêem!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Este blog também dá dicas DIY

Sempre que possível, tentamos oferecer prendas feitas por nós.
Este Natal, para os nossos primos mais pequenos decidimos fazer livros de adivinhas!

Escolhemos este modelo de livro, muito fácil de fazer: https://vimeo.com/29489228;
Pesquisámos e seleccionámos algumas adivinhas;
Imprimimos, recortámos e colámos com fita-cola, com diferentes motivos;
Inventámos uma classificação, de acordo com o número de respostas certas;
Na contra-capa colocámos, com velcro, uma imagem que, no verso, tinha as soluções.


Foi uma prenda inter-geracional que colocou toda a família a pensar, a recordar e a partilhar respostas!

Desafio da Garrafa - Bottle Flip Geriátrico

O Centro Comunitário da Gafanha do Carmo lançou o Desafio da Garrafa - Bottle Flip Geriátrico e a Casa Azul aceitou o desafio (o primeiro desafio viral que fazemos!)!
A Avó não consegue, mas deu todo o apoio psicológico e o reforço positivo, no final!

video

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Pequeno-almoço inglês/americano

Para quem não viu no Facebook nem no Instagram! 

Alguém sabe onde é que servem pequenos-almoços americanos ou ingleses, em Viseu ou Aveiro, durante a semana (há sítios que têm, mas só em brunchs de domingo)?
Obrigada!
A Neta Mais Nova



Do nosso Instagram (com alguns dias de atraso)

@netasdacasaazul


O primo está em Lisboa, nós temos de ficar com as romãs! 




Quando há crianças cá em casa, destacam-se sempre estes dois copos na mesa: o dos mais pequenos e o da Avó! 


Prenda para a Avó! Adoramos prendas caseiras!


Entrevista do Ricardo Araújo Pereira: "comecei a fazer bobagens (...) para impressionar a minha avó (...) era a pessoa mais importante da minha vida." 

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Este blog também tem algo a dizer sobre o estado atual do mundo

O nosso mundo, no sentido mais alargado ou mais restrito, é feito de pessoas:

altas, baixas, médias, gordas, magras, assim assim
pretas, brancas, castanhas, vermelhas dos escaldões, roxas com o frio, verdes com os nervos
bebés ainda na barriga das mães e outras com mais de 100 anos
que não tem TV e outras viciadas em TV
intelectuais e outras desportistas
com partes do corpo tatuadas (pouco ou muito tatuadas!) e outras com pavor de agulhas
benfiquistas, sportinguistas, portistas ou muitos outros clubes e outras que não ligam absolutamente nada a futebol
que só lêem revistas cor-de-rosa e outras que leram as 3 mil páginas do "Em busca do tempo perdido", do Proust. Duas vezes.
surdas (com implante e outras contra implantes), cegas, com autismo, com trissomia 21, cadeirantes, com próteses, com paralisia cerebral, com doenças raras, algumas tão raras que ainda nem sabem o nome
das letras, das ciências, da matemática, da arquitetura, das engenharias, das artes
viciadas no facebook e outras que nem sequer têm facebook (nem twitter, nem instagram...)
com Iphones e outras com telemóveis de teclas (sem net nem máquina fotográfica)
hospedeiras de bordo e outras que têm pavor de andar de avião
que optam pelo ensino/saúde públicos e outras pelo ensino/saúde privados
que têm cuidados estéticos/cabeleireira/depilação em dia e outras que o fazem (quando fazem) esporadicamente
com a 4.ª classe e outras com pós-doutoramento
bailarinas contemporâneas e outras que dançam em ranchos folclóricos
de diferentes religiões, ateias, agnósticas e outras que ainda não se conseguem definir
solteiras, casadas (religioso e outras só pelo civil), divorciadas, viúvas, juntas, união de facto
que vivem sozinhas, com filhos, com parceiros, com pais, com avós (e não estamos a falar só de nós!), com irmãos, com amigos
hetero e  homossexuais
que vão à rua em pijama e outras que até ficando em casa o tiram
madrugadoras e outras noctívagas
hipocondríacas e outras que só vão ao médico em último caso
empreendedoras e outras acomodadas
que fizeram inseminação por questões de saúde e outras que o fizeram por opção
que fazem trails, a nível nacional e internacional, e outras para quem levantar da cama já conta como um abdominal
pessoas que gastam o tempo a fazer prendas e outras que gastam o tempo à procura de prendas para comprar
de muitas nacionalidades diferentes
que vêem a Casa dos Segredos e outras vêem o canal Mezzo
que adotaram e outras em processo de adoção
que gostam de comida gourmet, comida tradicional, comida de rua, vegetarianos/vegan, omnívoros
que odeiam cobras e outras que têm 3 cobras em casa
ex-presidiárias e outras que nunca apanharam uma multa de trânsito
que gostam de viver na serra, junto ao mar, na aldeia, na cidade, isoladas, nos centros urbanos
zen, elétricas, tímidas, extrovertidas
que vivem em Portugal continental, nas ilhas ou um pouco por todo o mundo
de esquerda, direita, centro - politicamente falando
empregados e empregadores
que partilham as correntes do amor/saúde/dinheiro e outras que as apagam de imediato
que estão sempre a pensar no próximo destino e outras que não ambicionam sair de Portugal
free-lancers, estagiárias, contratadas, estudantes, reformadas, desempregadas, efetivas

(em atualização...)

No nosso mundo há espaço para muita coisa, só não há para a intolerância, preconceito, discriminação, racismo, xenofobia...

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Começar bem o ano

O ano ainda agora começou e já temos o fio mais bonito de 2017! 



Escrito pela Avó e gravado pela Pulseiras e Fios Irresistíveis (@afmjewelrydesign)


Ao vivo é ainda mais bonito! Obrigada <3

domingo, 1 de janeiro de 2017

31 de dezembro

Para além da passagem de ano, é a data de casamento dos Avós.



Este ano, passou a ser também a data de casamento da Rafaela. Escolheram a data mais bonita para casar, só podemos desejar, pelo menos, 65 anos de vida feliz, os mesmos que os avós viveram juntos.

Dezembro é mês de festas

Sábado, dia 17: aniversário da Neta Mais Velha


Bolo das 5 camadas, como dizia o nosso sobrinho-do-coração!
Prenda da Neta Mais Nova (da Mr. Wonderful).
É no que dá vermos tantos programas de culinária: facilita na hora de nos escolherem as prendas!
Dia de relembrar um dos nossos livros preferidos: Mana, Joana Estrela.

Sábado, dia 24: Consoada


Bastante tempo à volta da mesa: pizza em forma de árvore e crinkles de laranja e chocolate, entre outros.
Mini pai-natal - ficámos muito admirados por termos encontrado este brinde num bolo-rei, parece que não fomos os únicos: https://www.facebook.com/sicradical/videos/10158010828165083/
O Natal mais tecnológico, com várias video-chamadas, nacionais e internacionais.
Prenda da Neta Mais Nova (fã de "Friends") feita pela Neta Mais Velha.
A prenda favorita da Avó: "Meu amor, estás comigo!" (Obrigada Anjinhos Traquinas).

Passagem de Ano: este ano sem fotos!