domingo, 12 de maio de 2013

Avó Paterna, a Homenagem

"Quem morrer ao Sábado,
Domingo há-de ir a enterrar.
Todos os anjinhos do céu
Hão-de ir a acompanhar."

Quando parecia que o pior já tinha passado, o coração não resistiu mais e a nossa Avó Paterna deixou-nos, na véspera do Dia da Mãe...


11 comentários:

  1. Um abraço forte. Vamos todos sentir a falta dela - os vossos avós já são assim como aqueles velhotes que encontramos quando vamos ao pão: parte dos nossos dias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada. No entanto, a Avó a que nos referimos com mais frequência é a nossa Avó Materna, com quem vivemos na Casa Azul, e que juntamente com o Avô (Materno), continua a fazer-nos companhia, sempre observadora!
      Gostámos muito da maneira como encaras os nossos avós!

      Eliminar
  2. Está agora noutro local a olhar por vós, acredito piamente nisso. Tal como todos meus avós que tenho a certeza que me continuam a acompanhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho! A esta hora estão todos juntos (os teus e os nossos) a olhar por nós...

      Eliminar
  3. Os meus sentimentos. Muita força!
    Beijinhos de coragem para as 2.

    cacaucaramelo.blogspot.pt

    ResponderEliminar